PANELA CANDANGA

Cinco chefs de Brasília lançam projeto de valorização e divulgação do Cerrado
A plataforma, chamada Panela Candanga, cataloga produtos do bioma – nativos, cultivados e produzidos aqui – e será apresentada em São Paulo esta semana. O lançamento inclui, ainda, realização de um festival gastronômico, em Brasília, de 23/10 a 5/11, com pratos elaborados com os ingredientes

É certo que, há alguns anos, chefs de cozinha e consumidores do Brasil se renderam ao sabores de alguns produtos do Cerrado, como o baru e o pequi, por exemplo. Mas esse bioma é uma manancial de frutos e castanhas deliciosos, que vão muito além da rota do baru e do pequi e que podem ser adquiridos em comunidades extrativistas, indígenas e de pequenos agricultores.

Há ainda os produtos feitos aqui, como queijos, embutidos, geleias e muitas outras delícias. Ao comprá-los, os consumidores ajudam a manter as famílias no campo produzindo alimentos que não agridem o corpo e nem o meio ambiente. E ainda colaboram para preservar tradições culinárias, memórias culturais e a biodiversidade.

Mas quais são esses produtos? Aonde encontrá-los? Como comprá-los? E em que época? O que é possível preparar com eles? Para ajudar a responder essas perguntas e levar as iguarias do Cerrado para a mesa dos brasilienses e dos brasileiros, um grupo de chefs de Brasília uniu esforços para viabilizar uma plataforma de divulgação do bioma.

Assim nasceu o Panela Candanga. Produzido pela DUBEM Entretenimento, ele é apoiado pela Abrasel-DF e encabeçado pelos chefs Mara Alcamim (Restaurante Universal), Francisco Ansiliero (Dom Francisco), Gil Guimarães (Baco Pizzaria e Parrilla Burger), Lui Veronese (Sallva Bar & Ristorante) e Nilson Favacho (Oliver). Trata-se de um projeto de valorização Cerrado, tanto internamente, para divulgação dos produtos daqui para os brasilienses, quanto externamente, para dar visibilidade a eles fora do Distrito Federal.

A ideia é mostrar que, embora Brasília seja uma cidade nova, já conta com produtos nativos ou feitos de um jeito único e especial, e que estão sendo valorizados na gastronomia local, ajudando, inclusive, a alavancar a economia no mercado de pequenos produtores e da agricultura familiar.

E como isso será feito? Esse grupo de chefs se reuniu e conseguiu viabilizar a montagem de uma plataforma, uma base de dados com informações sobre esses produtos – como características, modo de cultivo ou produção, safra, aonde encontrá-los e/ou comprá-los, contatos dos produtores e/ou agricultores –, que será lançada em São Paulo, num evento nacional de gastronomia (Mesa Tendências Prazeres da Mesa), nesta semana (26/10), por três chefs do grupo – Mara Alcamim, Francisco Ansiliero e Gil Guimarães. Com o tempo, a intenção é que essa plataforma possa ser consultada e enriquecida pelos usuários por meio de novas sugestões a serem pesquisadas. A plataforma está disponível no site www.panelacandanga.com.br.

A partir desta semana, ainda como parte do lançamento da plataforma, aqui em Brasília, os cinco restaurantes envolvidos no projeto promovem um festival gastronômico: desta segunda-feira (23 de outubro) a 5 de novembro, vão oferecer elaborações que levam esses ingredientes, com valores entre R$30 e R$59.

Algumas receitas também exploram outros sabores do Cerrado, como cagaita, pequi, castanha-de-baru, pimenta-macaco e laticínios produzidos aqui, por outros pequenos produtores, como o Fior di Latte Xique Xique, dos mesmos proprietários do restaurante Xique Xique, famoso pela carne de sol e também pelos queijos do Sertão e Coalho, também de fabricação própria.

Baco Pizzaria
SCLS 408, Loja 35, Bloco C – Asa Sul, Brasília-DF; (61) 3223-0323.
SCLN 309, Loja 30, Bloco A – Asa Norte, Brasília-DF; (61) 3551-0001.
De domingo a quarta, das 18h à 0h. De quinta a sábado, das 18h à 1h.

Jantar
Pizza Panela Candanga (aspargos frescos da Vargem Bonita, Pancetta, Fior di Latte laticínio Xique Xique, ovo caipira e pimenta-macaco.
R$ 59,00 (grande – 8 fatias)

Dom Francisco (ASBAC)
CES, Trecho 2, Conjunto 31, ASBAC – Brasília-DF; (61) 3226-2005.
De segunda a sábado, das 12h às 23h30. Domingo, das 12h às 17h.

Almoço e jantar
Frango ao molho de pequi e cajuzinho do cerrado (frango ao molho de pequi e cajuzinho do cerrado, acompanhado de arroz cremoso de ricota de cabra com toque de limão).
R$ 59,00 (prato individual)

Oliver
SCES Trecho 2, Lote 2, Brasília Golf Center – Brasília-DF; (61) 3323-5961.
Segunda, das 12h às 17h. De terça a quinta, das 12h à 0h. Sexta e sábado, das 12h à 1h.
Domingo, das 12h às 17h.

Almoço e jantar
Pirarucu
Pirarucu com crosta de castanha-de-baru, acompanhado de espaguete de palmito pupunha e molho de cagaita – fruta colhida no próprio restaurante.
R$ 59,00 (prato individual)

Restaurante Universal
CLS 210, Bloco C, Loja 18, Asa Sul – Brasília-DF; (61) 3443-2089.
De segunda a quinta-feira, das 12h às 15h e das 19h à 0h. Sextas e Sábado, das 12h às 16h e das 19h à 1h.

Almoço
Carne de Lata, farofa goiana, mexido com linguiça caseira, maionese de chef, vinagrete de cajuzinho do cerrado e maracujá pérola do cerrado.
R$ 59,00 (individual)

Sallva Bar & Ristorante
SHIS QL 10, Pontão do Lago Sul; (61) 3522-4352.
De domingo a quinta, das 12h à 0h. Sexta e sábado, das 12h à 1h.

Almoço e Jantar
Cheesecake do Cerrado
Com cajuzinho, pequi e limão, com ganache de chocolate branco e Sorbet. – R$30

Serviço:
Panela Candanga
De 23/10 a 5/11
www.panelacandanga.com.br

Adicionar a favoritos link permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *