CINEMA QUEERITÉ – GÊNEROS E IDENTIDADES NO DOCUMENTÁRIO PARIS IS BURNING TRAZ À LUZ A LUTA PELA VISIBILIDADE DE CORPOS, IDENTIDADES E GÊNEROS

“Ter uma vagina não significa que sua vida será maravilhosa. Ela até pode ser pior.” Pepper LaBeija no filme Paris is Burning. O doc de Jennie Livingston lançado em 1990 e vencedor do Teddy Awards do Festival de Berlim no ano seguinte agora é revisto no livro Cinema Queerité, de Ademir Corrêa, que reconta os passos das drag balls nova-iorquinas e discute construção de gêneros e identidades na comunidade LGBTQIA+. “Este não é apenas um livro sobre Paris is Burning, o documentário cinematográfico de Jennie Livingston que mostra balls e concursos em houses de drags, no bairro negro do Harlem, em uma Nova York ainda violentada pelo giro mortal do HIV. Na verdade, este...

Read More