Wladimir Carvalho diretor documentaristareferência no cinema brasiliense em entrevista

Não é possível pensar na linha do tempo de 53 anos do Festival de Brasília do Cinema Brasileiro (FBCB) sem marcamos a presença de Vladimir Carvalho, que aportou no Festival, em 1967, com o curta “A Bolandeira”. Do filme censurado, em 1971, “O País de São Saruê”, ao orgulho de ver o cinema brasiliense brilhar mundo afora, habita um criador gentil, que colou memórias nessa entrevista exclusiva para a Secretária de Cultura e Economia Criativa, que realiza o 53º FBCB de 15 a 20 de dezembro, no Canal Brasil e streaming Canais Globos. Como o FBCB o moldou como...

Read More