Em ação contra a intolerância religiosa, projeto de fomento da Secec doa atabaques a terreiro

Os toques dos tambores voltaram a ecoar, no último sábado (23.01), no terreiro do Ilê Axé Oyá Bagan — comunidade tradicional de matriz africana localizada no Paranoá e comandada pela sacerdotisa Mãe Baiana. Num clima ecumênico, em encontro contra a intolerância religiosa, os atabaques formaram a roda de louvação e fé para clamar por um outro tempo de paz. “Desde 2015, quando ocorreu o incêndio que consumiu o sagrado do terreiro, as líderes religiosas do Ilê Axé Oyá Bagan realizam essa festa, na qual é servida uma comida tradicional (neste ano, uma feijoada). Ali, representantes de diversas religiões comparecem...

Read More