0214924 Theo van Doesburg Maison particulière

Theo van Doesburg e Cornelis van Eesteren | Casa particular (1923)

O aniversário de Brasília deste ano será marcado pela abertura da exposição mais completa já montada no Brasil sobre Piet Mondrian. A mostra ocupará o Centro Cultural Banco do Brasil de Brasília, a partir do dia 21 de abril. A exposição interativa contará com 70 obras do movimento Holandês de Stijl e mais 30 de Mondrian. Serão expostas pinturas, móveis, maquetes, desenhos e ainda áreas onde o público poderá interagir com a arte através da tecnologia.

Piet Mondrian | Composição de linhas e cor III: (1937)

Piet Mondrian | Composição de linhas e cor III: (1937)

Mondrian e o movimento De Stijl, nome da exposição que o CCBB em parceria com Art Unlimited preparou para os brasilienses, é uma oportunidade imperdível. “Organizamos tudo para que o visitante possa acompanhar esse percurso e entender que aqueles retângulos coloridos que povoam até hoje o imaginário do moderno, e são tão facilmente reconhecíveis, não nasceram de uma hora para outra, nem por acaso”, explica o curador da exposição, Pieter Tjabbes. A exposição, contudo, não se esgota com a história artística de Mondrian. Há uma segunda etapa, igualmente relevante para compreender o que aconteceu naquele período (1917-1928), que mostra a agitação provocada pela revista De Stijl (O Estilo), o meio escolhido para que um grupo de artistas, designers e arquitetos, incluindo Mondrian, defendesse o neoplasticismo e a utopia da harmonia universal de todas as artes.

Vestido Mondrian, de Yves Saint Laurent

Vestido Mondrian, de Yves Saint Laurent

Curiosidades – Um sucesso absoluto foi a série de vestidos que Yves Saint-Laurent criou em 1965 com base nos quadros de Piet Mondrian. São a cara de uma época, nunca deixaram de encantar e têm lugar de destaque em qualquer enciclopédia de moda.

Piet Mondrian, artista holandês, começou pintando quadros figurativos e paisagens, como tantos outros artistas de sua época. Mas, seguindo o borbulhão de questionamentos artísticos no inicio do século XX (de uma arte não figurativa, de trabalhar cores e formas sob uma nova perspectiva), foi influenciado por correntes tais como o cubismo, e suas cores naturalistas deram lugar às cores puras, primárias. Mondrian também passou a se guiar por uma linha de pensamento… “mística”, segundo a qual “Os dois extremos absolutos fundamentais que conformam o nosso planeta são: a linha de força horizontal, isto é, a trajetória da Terra ao redor do Sol, e o movimento vertical e profundamente espacial dos raios que tem a sua origem no centro do Sol (…). As três cores principais são o amarelo, o azul e o vermelho. Não existem mais cores do que estas.”

Gerrit Rietveld | Cadeira Vermelho Azul 1923)

Gerrit Rietveld | Cadeira Vermelho Azul 1923)

A exposição Mondrian e o movimento De Stijl conta com patrocínio do Banco do Brasil e apoio do Banco Votorantim, será aberta ao público de Brasília no aniversário da cidade, 21 de abril. São cerca de 100 obras — 30 das quais de Mondrian — e uma seleção de múltiplas manifestações do movimento De Stijl compondo o mais completo conjunto desse período já exibido no Brasil. A maior parte do acervo é procedente do Museu Municipal de Haia (Gemeentemuseum, Den Haag), da Holanda, que reúne a maior coleção do mundo de obras de Mondrian. A exposição, que é gratuita, acontece no CCBB de Brasília e segue para outras capitais. No CCBB de Belo Horizonte abre dia 20 de julho.  A partir de 12 de outubro, no Rio de Janeiro.

SERVIÇO
CCBB BRASÍLIA
De 21.04.2016 até 04.07.2016
Setor de Clubes Sul, Trecho 2 (próximo à ponte JK) Edifício Tancredo Neves – (61) 3108-7600

O CCBB disponibiliza ônibus gratuito, identificado com a marca do Centro Cultural.
O transporte funciona de quarta a segunda-feira.
Consulte todos os locais e horários de saída no site e no Facebook.
O Centro Cultural também oferece transporte escolar gratuito para escolas públicas, ONGs e instituições assistenciais do Distrito Federal e entorno mediante agendamento pelo número 3108-7623 ou 3108-7624.
CCBB Brasília Aberto de quarta a segunda-feira das 9h às 21h SCES Trecho 2 – Brasília/DF Tel: (61) 3108-7600
E-mail: ccbbdf@bb.com.br Site: bb.com.br/cultura Redes sociais: facebook.com/ccbb.brasilia e twitter.com/CCBB_DF