32º FERROCK AGITA A CEILÂNDIA NO FIM DE SEMANA

O palco rock n’roll mais tradicional do DF completa 32 anos. Dia 02 de dezembro, a Praça do Trabalhador na Ceilândia Sul, ao lado da Administração da Ceilândia, recebe o Ferrock Festival.

Esse ano, a programação musical começa às 10h, com exposições, feira de artesanato e estandes de instituições parceiras.

O palco Ferrock será aberto às 12h, com shows dos três melhores colocados e da banda revelação do II Festival Interescolar de Música das Escolas Públicas de Ceilândia.

A partir das 14h30, muito rock n’roll com as bandas O.J.T.B., Barbarella B, Actemia (GO), Evil Corpse, Kábula, Parafernália, Flashover, Elffus, Golpe de Estado (SP) e, fechando a noite, Nuno Mindelis (SP), considerado o maior guitarrista de blues do Brasil.

O Ferrock Festival é uma mistura de música, lazer, consciência socioambiental e combate a violência.

Criado por jovens ceilandenses, amantes do rock n’roll vindos de movimentos estudantis, associações de moradores e igrejas, o festival, assim como o Centro Cultural Ferrock, é hoje uma referência quando se fala em ações culturais voltadas ao desenvolvimento social na Ceilândia.

História do Rock de Brasília

A História do Rock Brasiliense será o tema de uma Roda de Prosa realizada na Escola Técnica da Ceilândia, no dia 09 de dezembro, às 14h.

Coordenada pelo Centro Cultural Ferrock, com mediação de Fellipe CDC (integrante das bandas Caligo, Terror Revolucionário e Terrocídio), a roda de prosa contará com a participação de Robson Gomes, guitarrista e vocalista da banda Barbarella B, de Armando Mosna da Rádio 4 Tempos, de Gilmar Santos da banda ARD, de Mário Pazcheco do site Do Próprio Bolso e de Fábio Guedes (Frajola) responsável pelo programa Zine-se e integrante da banda Seconds of Noise. Após a roda de prosa, pocket show com Celião In Concert.

O Ferrock é um evento gratuito mediante doação de 1Kg de alimento não perecível. Todas as doações serão encaminhadas a projetos assistenciais da Ceilândia.

O festival conta com o apoio da Administração Regional de Ceilândia, Secretaria de Cultura do Distrito Federal, e conta com a parceria da Casa do Cantador, Destino Correto, Curumim Cultural, Otaloukos, Academia Vida Ação, Rock Brigade, Cultura FM, Zine Oficial, Educafro, O Clube do Som, Cia das Artes, Abutres Brasil, Museu Casa da Memória Viva, Grupo Atitude, Rádio 4 Tempos e Berlim Discos.

Programação Ferrock Festival

Ferrock Festival – 32ᵃ Edição – 2017
Dia 02/12 (sábado), às 10h

Oficinas, exposições, feiras e encontro de motos em comemoração ao 32º aniversário do festival.

12h00 às 14h00: Apresentações do Festival Interescolar de Música das Escolas Públicas de Ceilândia 2017
12h30 – 3º Lugar Lucas Dourado
13h00 – 2º Lugar Tiago Lemos
13h30 – 1º Lugar Derick Danniel
14h00 – Banda Revelação do CEM 12
14h30 – O.J.T.B.
15h00 – Barbarella B
15h30 – Actemia (GO)
16h00 – Evil Corpse
16h30 – Kábula
17h30 – Parafernália
18h30 – Flashover
19h00 – Elffus
20h00 – Golpe de Estado (SP)
21h00 – Nuno Mindelis (SP)
Local: Praça do Trabalhador – QNM 13 – Área Especial (ao lado da Administração Regional) – Ceilândia Sul

Ferrock Roda de Prosa (Seminário)
A História do Rock Brasiliense, desde o início de Brasília até os dias atuais, finalizando com Pocket Show com Celião In Concert
Data: 09 de dezembro (sábado)
Horário: 14h
Local: Escola Técnica de Ceilândia – QNN 14, Área Especial (ao lado da Estação Guariroba do Metrô), Ceilândia Sul

Serviço:
32º Ferrock Festival
Dia 02/12- 10h às 22h
Local: Praça do Trabalhador – QNM 13, Área Especial Módulo “B” (ao lado da Administração Regional), Ceilândia Sul
Entrada Franca mediante doação de 1Kg de alimento não perecível, exceto sal e fubá.
Dia 09/12 – 14h
Ferrock Roda de Prosa (Seminário)
Local: Escola Técnica de Ceilândia – QNN 14, Área Especial (ao lado da Estação Guariroba do Metrô), Ceilândia Sul
Entrada franca.
Classificação livre

26ª MOSTRA DULCINA

Durante um mês, todo o Complexo Cultural Dulcina de Moraes estará à disposição de atrações artísticas desenvolvidas pelos cursos de Artes Visuais e Artes Cênicas e por artistas e grupos convidados.

Espetáculos universitários, profissionais, infantis, para terceira idade e até espetáculo internacional! Neste ano, a MOSTRA DULCINA inova ao oferecer gratuitamente ao público do DF diferentes opções teatrais para todos os gostos.

O maior desafio dessa 26ª edição da mostra é propor um intercâmbio entre artistas em formação e artistas que já atuam no mercado de trabalho.

Além das já tradicionais apresentações de diretores da cidade Fernando Guimarães e Ricardo Cruccioli, peças de ex-alunos vão compor a programação, como é o caso de Aline Cacau, que irá apresentar três espetáculos infantis dentro do evento, afinal, o teatro infantil tem sido uma importante vertente de trabalho na produção cênica local.

Já o diretor Tullio Guimarães, além de levar espetáculos da academia, vai apresentar um espetáculo feito apenas por atores da terceira idade, trabalho que desenvolve há anos com o Grupo Viva a Vida.

Numa co-produção entre o grupo venezuelano/argentino Kebebasan e a Cia. Fábrica de Teatro, do DF, será apresentado o espetáculo “Te amo con locura”, dirigido por Orlando Alfonso.

A obra apresenta um conflito homoafetivo, numa combinação entre teatro e dança.

No enredo, um jovem sequestrado e preso num depósito se convence de que seus repressores se equivocaram de vítima. O que ele não espera é que o sequestrador seja seu melhor amigo.

Ao final das apresentações, os atores estrangeiros farão também um bate papo com estudantes da Faculdade Dulcina, valorizando a troca de experiências entre a trupe e os estudantes de artes da instituição.

As apresentações da obra estrangeira serão em espanhol argentino e estarão abertas ao público em geral.

TE AMO CON LOCURA – Espetáculo estrangeiro
15 e 16 de dezembro
Direção: Orlando Alfonso
Local: Sala Conchita, às 20h
Classificação Indicativa: 12 anos
Lotação: 80 pessoas

PROGRAMAÇÃO DE ARTES CÊNICAS

Dia 23/11
Abertura da 26ª Mostra Dulcina
A TRUPE E O ROUXINOL – Espetáculo convidado
Direção: Aline Cacau
Local: Teatro Dulcina, às 20h
Classificação: Livre

Dia 24/11
A MINHA LOUCURA – Espetáculo convidado
Direção: Aline Cacau
Local: Teatro Dulcina, às 20h
Classificação: Livre

Dia 25/11
AS AVENTURAS DE DOROTHY NO MUNDO DE OZ
Direção: Aline Cacau
Local: Teatro Dulcina, às 19h30
Classificação: Livre

Dias 29/11 a 03/12
OS OUTROS
Turma de Montagem I
Direção: Fernando Guimarães
Local: Teatro Dulcina, às 21h
Classificação: 16 anos

Dias 02 e 03/12
SAL, PIMENTA, ALHO E NÓS MOSCADA – Espetáculo convidado
Realização: Cia. Ensaio
Direção: Rafael Soul
Local: Sala Conchita, às 20h
Classificação: 16 anos

Dia 05/12
IDENTIDADES VIOLADAS
Turma de Dramaturgia Contemporânea
Direção: Ricardo Cruccioli
Local: Sala Conchita, às 20h
Classificação: 16 anos

Dia 06/12
OLHARES DIFERENCIADOS
Curso de Extensão: Teatro do Oprimido
Direção: Silvia Paes
Elenco: Daniela Souza, Du Oliveira, Fabiana Tenório, Laci Augusto, Letícia Souza,
Pascale de Moitroux e Tony G.
Local: Sala Conchita, às 20h
Classificação: 14 anos

Dia 07/12
A MÁQUINA QUE MATAVA FASCISTAS – Espetáculo convidado
Direção: André Luís Gomes e Elenco
Elenco: Bárbara Figueira, Bruna Dutra, Fabiana Tenório e Thaís Costa
Local: Sala Conchita, às 20h
Classificação: 16 anos

VIAJANTES DO TEMPO
Curso de Extensão: Os mais vividos
Texto e Direção: Tullio Guimarães
Assistente de Direção: Andy Souza
Elenco: Arturo Losada, Cherobina Araújo, Cida, Glória Santos, Joaquim Rezende, Lília Faria, Lúcia Ramos, Margarida Silva, Maria José de Oliveira, Maria Paula, Marlene Milanez, Osmar Ferreira Pena, Rilda Techmeier, Sônia Letícia e Terezinha Alves
Local: Teatro Dulcina, às 21h
Classificação: Livre

Dia 08/12
PARTIDAS
Turma de OBAT Noturno
Direção: Ricardo Cruccioli
Local: Sala Conchita, às 20h
Classificação: Livre

NEM TUDO SÃO FLORES – Espetáculo convidado
Realização: Cia Luh Rabelo
Texto: Fátima Campidelli, Lucas Gabriel e Luh Rabelo
Direção: Luh Rabelo
Assistente de Direção: Iury Persan
Local: Teatro Dulcina, às 20h
Classificação: Livre

SARAU NUÂNSIAS
Turma de Leitura e Produção de Textos
Direção: Dhenise Galvão
Local: Sala 409 da FADM, às 20h

Dia 09/12
WORKING PROCESS
Turma da Pós em Direção Teatral
Supervisão: Profs Marcela Hollanda e Tullio Guimarães
Local: Prédio da FADM, às 20h
Classificação: 14 anos

Dia 12/12
ENCONTROS
Turma de OBAT Matutino
Direção: Rafael Soul
Local: Sala Conchita, às 20h
Classificação: Livre

ZONA MORTA
Turma de História e Teoria da Interpretação
Direção: Rafael Soul
Local: Sala Conchita, às 21h
Classificação: 14 anos

Dia 13/12
TRAÇOS DE UMA HISTÓRIA
Turma de Técnica de Expressão Vocal Noturno
Direção: Gil Macedo
Local: Sala Conchita, às 20h
Classificação: Livre

Dias 13 a 19/12
APARTAMENTO 403
Turma de Montagem II
Direção: Fernando Guimarães
Local: Teatro Dulcina, às 21h
Classificação: 16 anos

Dia 17/12
FAÇA-SE LUZ – Espetáculo convidado
Direção: Valdeci Moreira
Elenco: Jullya Graciela, Jussy Nascimento, Luiz Lukas Copaseut e Marcelo Roberto
Local: Sala Conchita, às 19h
Classificação: 16 anos

Dia 20/12
EXPERIMENTO BRONTE
Realização: Mundin Cia de Teatro
Direção: Guto Viscardi e Cris Rocha
Elenco: Ana Carolina C, Bruno Fehie, Claudia Moreira, Gabriel Guirá, Marley Oliveira e
Iury Persan.
Local: Sala Conchita, às 20h
Classificação: Livre

JEITINHO… QUAL O SEU?
Curso de Extensão: Teatro do Oprimido
Direção: Silvia Paes
Elenco: Daniela Souza, Du Oliveira, Fabiana Tenório, Laci Augusto, Letícia Souza,
Pascale de Moitroux e Tony G.
Local: Teatro Dulcina, às 20h
Classificação: 14 anos

Dia 21/12
BABY – Espetáculo convidado
Teatro do Oprimido
Direção: Lívia Fernandéz
Coringa do TO: Silvia Paes
Elenco: Genivaldo Sampaio, Giselle Ando, Lívia Fernandéz e Sérgio de Araújo
Percussionista – Musicista: Larissa Lopes
Local: Teatro Dulcina, às 20h
Classificação: 14 anos

Dia 23/12
A FLORESTA DO RAIO VERMELHO – Espetáculo convidado
Curso de Extensão: Teatro Infantil
Realização: Cia Luh Rabelo
Texto: Jomar Magalhães
Direção: Luh Rabelo
Local: Sala Conchita, às 20h
Classificação: Livre

PROGRAMAÇÃO DE ARTES VISUAIS

Dia 01/12
INSTALAÇÃO DE VÍDEO-DANÇA
Supervisão: Profª Marcilma Carvalho
Local: Galeria de Artes Dulcina de Moraes
*Por todo horário acadêmico
Classificação: Livre

Dia 06/12
UM BARZINHO, UM VIOLÃO
Turma de Técnica de Expressão Vocal Matutino
Direção: Myrlla Muniz
Local: Galeria de Artes Dulcina de Moraes, às 19h
Classificação: Livre

Dias 08 a 15/12
EXPOSIÇÃO DE TRABALHOS DAS TURMAS DE ARTES VISUAIS
Supervisão: Profº Eli Braga
Local: Galeria de Artes Dulcina de Moraes, às 19h
Classificação: Livre

Serviço:
26ª MOSTRA DULCINA
De 23/11 a 21/12
Local: Teatro Dulcina-Conic
Entrada franca.
Informações: 98487-1551
Classificação indicativa na programação.

RE-EXISTÊNCIAS AFRO-AMERÍNDIAS

A fim de pautar as questões sobre memória e contemporaneidade quilombola na América Latina durante a Semana de Consciência Negra, o Instituto Cervantes e o Grupo de Pesquisa e Estudos Culturais Afro-ameríndios (Instituto Federal de Brasília -IFB) apresentam a mostra cinematográfica e ciclo de palestras “Re-existências Afro-Ameríndias”, com curadoria de Larissa Ferreira, coordenadora de Cultura, Raça, Gênero e Estudos Afro-Brasileiros do IFB (Diretora de Pós-Graduação, Pesquisa, Inovação e Extensão).

A mostra de vídeos tem como temática quilombos, palenques e comunidades rurais negras latino-americanas e completa-se com um ciclo de palestras sobre esse universo. Nos filmes que serão exibidos, um convite para refletir sobre a política de dominação e opressão dos povos negros e indígenas na América Latina.

As comunidades negras e afrodescendentes do Rio dos Macacos (Brasil), Tocaña (Bolívia) e Santiago Del Estereo (Argentina) somam suas vozes a outras tantas comunidades quilombolas e palenqueras latino-americanas, que clamam juntas a urgência em viver, existir e resistir. Do direito à terra à permanência dos seus saberes ancestrais, evidencia-se o estado permanente do re-existir na urgência de preservar e reconstruir sua cultura.

Programação

21|11
19h – Ciclo de Palestra
Educação escolar Quilombola: um ensaio decolonial (Givânia Maria da Silva);
Quilombos, palenques, cimarrones e a resistência negra (Barbara Oliveira Souza).

20h – Mostra de filme
Lançamento do longa Quilombo Rio dos Macacos, o filme (Direção: Josias Pires/ Documental / Brasil / 2017 / 120”)

Filme documentário de longa-metragem sobre comunidade quilombola Rio dos Macacos e a luta pela garantia da propriedade da terra de uso tradicional, reivindicada pela Marinha do Brasil, localizada entre os municípios de Salvador e Simões Filho (BA). Além de denunciar graves violações de direitos humanos – direito de ir e vir e de acesso à água, saúde, educação, moradia e trabalho – o filme registra, inclusive com imagens produzidas no calor da hora pelos próprios quilombolas, conflitos e negociações visando a solução dos problemas; documenta aspectos culturais, simbólicos e características do território, como paisagens e lugares; registra memórias individuais e coletivas, traçando amplo painel de caráter etnográfico.

22|11

19h – Ciclo de Palestra

Comunidades rurais negras na Améfrica: memória e soberania intelectual (Leandro Bulhões); Cor e resistência diante da tela branca (Pablo Lucena).
20h00 – Mostra de filme

El último quilombo ( Direção: Alberto Masliah/Documental / Argentina, 2013 / 65”):

Esse filme é uma viagem para descobrir San Félix, um pequeno povoado de Santiago de Estero. Ali, todos os habitantes são descendentes de um casal de escravos nebros alforriados. Hoje, o povo luta para sobreviver. Junto a seus moradores, conheceremos suas histórias de vida, que é um pouco da história da argentinidade. Descobrimos sua luta contra a discriminação e o esquecimento. Uma viagem pelo caminho da recuperação da memória negra na Argentina.

Menção “Melhor Documentário Nacional da XV edição do Festival Internacional de Cinema sobre Direitos Humanos (Buenos Aires- Argentina) e selecionado no XXVII FEtival de Cine Latino de Trieste (Itália)

La voz de los sin voz, Tocaña (Direção: Marcel Cluzet/Documental / Bolivia/ 2009 / 59”)

Na comunidade de Tocaña, nas Yucas Bolivianas, dia a dia se reafirma a identidade afroboliviana de seus habitantes. Cantando e dançando, criam espaço para a memória coletiva de suas origens e da chegada de seus antepassados na América como escravos. Filme realizado pela LumaDoc pelo programa “A voz dos sem vozes”, da UNESCO.


Serviço:
“Re-existências Afro-Ameríndias”
Mostra de filmes e palestras sobre quilombos e comunidades negras latino-americanas
Dias 21 e 22/11 (terça e quarta-feira), às 19h
Local: Auditório do Instituto Cervantes de Brasília
Endereço: SEPS 707/907 Lote D
Telefone: 3242-0603
Entrada Franca.
Informações: brasilia.cervantes.es
Classificação livre.

EXPOSIÇÃO NA CAIXA CULTURAL DE BRASÍLIA APRESENTA ILUSTRAÇÕES DE SALVADOR DALÍ PARA A DIVINA COMÉDIA

Com 100 gravuras, a exposição Dalí: A Divina Comédia apresenta o encontro do pintor surrealista espanhol com a obra do poeta italiano Dante Alighieri. A mostra, aberta hoje (16) na Caixa Cultural, em Brasília, traz as gravuras que Salvador Dalí fez na década de 60 do século passado para ilustrar uma edição comemorativa da obra A Divina Comédia, lembrando os 700 anos de nascimento de Dante Alighieri.
O trabalho começou como uma encomenda do governo italiano. No entanto, mesmo após a desistência do pedido, o artista continuou elaborando as ilustrações. “Ele ficou cativado pela figura de Dante e pela importância que tem A Divina Comédia no contexto da cultura ocidental. E se sentiu também desafiado pela possibilidade de poder ilustrar a obra, assim como tantos outros artistas anteriores a ele tinham tentado”, diz a curadora da exposição, Ana Rodrigues.
Cada uma das gravuras corresponde a um dos 100 cantos da obra, respeitando a divisão original: Paraíso, Purgatório e Inferno. No poema, Dante desce ao submundo para resgatar sua amada Beatriz, sendo guiado pelo poeta Virgílio. A curadora Ana Rodrigues destaca que os três tempos da obra ilustrados por Dalí refletem momentos diferentes da carreira do pintor.
A primeira imagem do purgatório foi escolhida como símbolo da exposição. Nela, um anjo olha para gavetas que se abrem em seu corpo. A figura é um bom exemplo de como o pintor espanhol pensou a dimensão intermediária entre o paraíso e o inferno.
Nas 33 gravuras que compõem o canto Paraíso, é possível encontrar traços da fase mística de Dalí.

Serviço
Dali: A Divina Comédia
Até o dia 4 de março de 2018
Local: Caixa Cultural Brasília – Galeria Vitrine (Setor Bancário Sul Qd. 4)
Visitação: De terça a domingo, das 9h às 21h
Informações: 3206-9448\9449
Entrada franca
Classificação livre

MARTINHA DO COCO LANÇA O CD “RODAS GRIÔ” COM FESTA NESTA QUINTA-FEIRA (9)

Uma das maiores representantes da cultura popular do DF está em festa, a Mestra Martinha do Coco lança o seu primeiro CD, nesta quinta-feira, 9 de novembro, às 16h, na Praça Central do Paranoá. A entrada é franca.  O projeto batizado de “Rodas Griô com Martinha do Coco”, contou com a participação de 50 crianças de escolas do Paranoá e do Itapoã.
Além da banda que acompanha Martinha do Coco há mais de 10 anos, o CD conta com a participação Nãnan Matos, Lirys Guimarães e Chiquinho Lopes. Todas as músicas são de autoria de Mestra Martinha, como Coco do Cerrado, sendo que a Ciranda Ancestral é uma composição inédita para esse CD.
Essa realização só foi possível com o patrocínio da Petrobrás por meio do 4º Edital do Prêmio Nacional de Expressões Culturais Afro-brasileiras, realizado pelo Centro de Apoio ao Desenvolvimento Osvaldo dos Santos Neves (CADON), em parceira com o Ministério da Cultura do Governo Federal e a Fundação Cultural Palmares.

Martinha do Coco
Marta Leonardo ou Martinha do Coco é artista moradora do Paranoá há 30 anos. Nasceu em Pernambuco, de onde migrou com sua família para a antiga Vila do Paranoá aos 17 anos de idade. Iniciou sua carreira artística cantando samba de coco no grupo de percussão no Paranoá e desenvolveu um trabalho autoral que mescla as influências culturais da terra onde nasceu e cresceu, como os ritmos coco, maracatu e ciranda, a elementos da cultura local e da sua vivência na vida no Cerrado. Apresentou-se com suas composições cantando com vários grupos percussivos da cidade durante mais de dez anos. Em 2013, Martinha do Coco recebeu do Ministério da Cultura o título de Mestra da Cultura Popular e em 2017 o prêmio de Mestra da Cultura Afro Brasileira pela Secretaria de Cultura do Distrito Federal.

Serviço
Lançamento do CD “Rodas Griô”, de Martinha do Coco
Programação:
16h – Martinha do Coco no show de lançamento do CD “Rodas Griô” com participação das crianças.
18h – Seu Estrelo e o Fuá do Terreiro
19h – Porta do Mundo
20h –  Tambor de Crioula Lua Nova
Dia 9 de novembro, às 16h, na Praça Central do Paranoá (ao lado da sede da Administração do Paranoá). Entrada franca. Classificação indicativa livre.

FESTIVAL INTERNACIONAL DE FULLDOME DE BRASÍLIA

O contato com realidades fantásticas, criadas digitalmente, que promovem sensações e percepções profundas.

Este é o convite do inédito IMMERSPHERE, o 1º Festival Internacional de Fulldome de Brasília, que acontece de 1º a 30 de novembro, no Planetário de Brasília – de 1º a 5, com a mostra competitiva, e exibições gratuitas dos programas até o dia 30.

Através da manipulação audiovisual de produções concebidas para a exibição em ambiente fulldome, os espectadores poderão vivenciar verdadeiras viagens em camadas em que o real e o virtual se cruzam.

O 1º Festival Internacional de Fulldome de Brasília exibirá 22 filmes produzidos em diferentes países. S

Somente na mostra competitiva, serão sete produções do Brasil, cinco da Grã-Bretanha, duas da França, duas da Colômbia, duas do México e uma de cada país: Canadá, Bélgica, Estados Unidos e Espanha.

A curadoria dos filmes leva a assinatura dos pesquisadores Marilia Paculli (representante brasileira de grandes exposições de arte digital) e Ricardo Dal Farra (professor de música e artemídia da Concordia University, no Canadá).

Curadoria de exposição de arte e tecnologia a cargo de Suzete Venturelli (pós-doutora pela USP e doutora em Artes e Ciência da Arte pela Sorbonne). Segundo eles, as abordagens criativas em tecnologia estão reformulando a maneira que o homem contemporâneo concebe o espaço.

“Numa exibição em fulldome, o mundo inteiro pode parecer estar se movendo, os sons e imagens podem enganar nossos sentidos”, avisa Dal Farra.

E Suzete Venturelli complementa: “Pretende-se destacar o processo que acontece no nível da imersão e da realidade aumentada que induzem à sinestesia, num cruzamento de sensações, que abrem caminhos para novas metáforas”.

No total, 22 produções disputarão seis prêmios: Melhor Filme (o único com premiação em dinheiro, R$ 6.000,00), Prêmio do Público (júri popular), Prêmio Planetário (indicado pelo diretor do Planetário), Melhor Filme Experimental, Melhor Narrativa e Melhor Experiência Sonora. Além destes, uma mostra paralela, não-competitiva, vai exibir outros títulos na mostra paralela, ampliando a experiência de assistir a produções realizadas com tecnologia Fulldome – com os filmes projetados em telas semiesféricas.

Além das exibições, IMMERSPHERE – 1º Festival Internacional de Fulldome de Brasília abre espaço para workshops com conteúdos da área audiovisual e fulldome, palestras e oficinas.

Para os filmes, a entrada é franca e a bilheteria do Planetário irá fazer a distribuição de senhas uma hora antes do início de cada sessão, por ordem de chegada – cada pessoa pode pegar até dois ingressos.

Para debates e mesas a entrada franca sujeita à lotação dos espaços. Já as oficinas são pagas e as inscrições podem ser feitas através do site do evento.

PROGRAMAÇÃO

QUARTA, 1º/11
19h – Abertura da exposição (mezanino)
20h – Sessão de abertura (cúpula)
20h30 – Mostra Competitiva 1 (cúpula) – Filmes: Mindscapes, Synapse, Into The Sublime e Quadratic
21h30 – Projeção Exterior (área externa)
23h – Encerramento

QUINTA, 2/11
9h às 13h – Oficina 1 (sala de oficina/auditório) – Conteúdo Interativo para Fulldome com Processing – parte 1 – com Andrei Thomaz
15h – Mesa/Debate 1 (auditório) – Imersão e (des)locamento espaço-tempo
19h – Mostra Competitiva 2 (cúpula) – Filmes: Nuctemeron, The Five Sidereal Movements, The Light Of Home, Hyperspace, Ggigirlah e Cernunnos
20h – Mostra Paralela 1 (cúpula) – Filme Dream to Fly
21h – Competitiva 2 (cúpula) – Filmes: Nuctemeron, The Five Sidereal Movements, The Light Of Home, Hyperspace, Ggigirlah e Cernunnos
22h – Encerramento

SEXTA, 3/11
9h às 13h – Oficina 1 – Parte 2 (sala de oficina/auditório) – Conteúdo Interativo para Fulldome com Processing – com Andrei Thomaz
15h – Mesa/Debate 2 (auditório) – Produção Audiovisual Imersiva
19h – Mostra Competitiva 3 (cúpula) – Filmes Morphology For Microcellular Injection, Cycles, Cosmografias, Brownian Motion e Hybris
20h – Mostra Paralela 2 (cúpula) – Filme O céu como patrimônio
21h – Competitiva 3 (cúpula) – Filmes Morphology For Microcellular Injection, Cycles, Cosmografias, Brownian Motion e Hybris
22h – Encerramento

SÁBADO, 4/11
9h às 13h – Oficina 2 (sala de oficina/auditório) – VJ University – Fulldome & 360 Video – com VJS Spetto, Zaz e Roger
15h – Mesa/Debate 3 (auditório) – Conteúdo Interativo para Fulldome
19h – Mostra Competitiva 4 (cúpula) – Filmes: Sacred Geometry, Circus Of Anxiety, Uma Observación al fin Del Mundo, Demarcar, Resistir!, Ar, Infinite Horizons e Fuga
20h – Mostra Paralela 3 (cúpula) – Filme Hello Earth
21h – Competitiva 4 (cúpula) – Filmes: Sacred Geometry, Circus Of Anxiety, Uma Observación al fin Del Mundo, Demarcar, Resistir!, Ar, Infinite Horizons e Fuga
22h – Encerramento

DOMINGO, 5/11
9h às 13h – Oficina 3 (sala de oficina/auditório) – Utilização de câmeras 360° para criação de conteúdo fulldome – com Marlus Araujo
15h – Reprises Mostras Competitivas de 01 a 03
19h – Mostra Competitiva 1 (cúpula) – Filmes: Mindscapes, Synapse, Into The Sublime e Quadratic
20h – Mostra Paralela 4 (cúpula) – Filme Belisario, the little big hero of the cosmos
21h – Competitiva 1 (cúpula) – Filmes: Mindscapes, Synapse, Into The Sublime e Quadratic
22h – Encerramento e Premiação

De 06 A 30/10
Exposição de Arte e Tecnologia (Mezanino)
Reprises dos programas (cúpula)

Serviço:
1º FESTIVAL INTERNACIONAL DE FULLDOME DE BRASÍLIA
De 1º a 30/11
Local: Planetário de Brasília-Eixo Monumental
Entrada franca.
Classificação livre.

FAVELA SOUNDS 2017

O Favela Sounds – Festival Internacional de Cultura de Periferia chega à sua segunda edição em 2017 se abrindo ainda mais intensivamente para uma programação internacional, com artistas genuinamente de favelas, e traz à tona questionamentos referentes a processos migratórios e deslocamentos humanos.

Entre os dias 30 de outubro e 4 de novembro de 2017, o festival leva ao público do Distrito Federal quatro oficinas, quatro debates e dois dias de baile, com shows de grandes expoentes da música de Favela do Brasil e do mundo na área externa do Museu Nacional.

Xande de Pilares (RJ), Titica (Angola), Linn da Quebrada (SP), Baco Exu do Blues (BA), ABRONCA (RJ), Larissa Luz (BA), Telefunksoul (BA), Tati Quebra Barraco (RJ), Dama do Bling (Moçambique), Wesli Band (Haiti/Canadá) e os DJs Darlly Matos (MA) e Iasmin Turbininha (RJ) são alguns dos nomes já confirmados para esta edição.

O som do DF também será presença marcante na programação do Festival. Entre os representantes da capital estão Thabata Lorena, cantora maranhense radicada em Brasília, DJ Kacá, conhecido por ser um dos DJs de funk carioca mais atuantes da cidade, DJ Donna, representante de peso da black music nas pistas brasilienses, Rosa Luz, rapper trans-feminista e youtuber responsável pelo canal Barraco da Rosa, DJ Pati Egito, adepta de sets festivos dominados pelo tecnobrega, e Magu Diga How, rapper de São Sebastião.

A programação do Favela contempla oficinas em diferentes regiões administrativas do DF. Coordenadas pela rapper e educadora Vera Verônika, as oficinas do Favela Sounds ganham o nome de Ralação e terão os seguintes temas: “Comunicação e Mídia para artistas e negócios de periferia”, “Oficina de formação técnica de Roadie e Técnico de Luz”, “Radiodifusão: produção de conteúdo para rádio com o programa Deguste Cultura” e “Foto na Favela: uma imersão na fotografia dos bailes de periferia com Vincent Rosenblatt”.

Já o momento Papo Reto é destinado a debates com artistas da programação do projeto, além de convidados especiais, em ações coordenadas pelo antropólogo Dennis Novaes. Os bate-papos vão discutir “Transfavele-se! Música e gênero nas quebradas”, “Sons do além-mar: música e migrações”,”Bota a Cara: arte e comunicação nas periferias” e “Kabo Kaki você vai longe: o feminismo das mina preta”.

Entre os nomes confirmados para a programação de oficinas está o de Vincent Rosenblatt, fotojornalista francês que há anos registra os bailes funks cariocas e as noites de tecnobrega de Belém, no Pará. Ele vai dar uma oficina de fotografia, vai participar de um debate e também vai projetar as suas fotos no Museu Nacional.

Serviço:
Favela Sounds – Festival Internacional de Cultura de Periferia
De 30 /10 a 4/11
Local: Museu da República e Regiões Administrativas
Entrada gratuita
Mais informações: www.favelasounds.com.br | @favelasounds | Facebook.com/favelasounds | Facebook.com/umnomecomunicacao
Classificação livre.

PRÊMIO EXCELÊNCIA SENAC-DF

Em comemoração aos 50 anos do Senac no Distrito Federal, a instituição promove amanhã, dia 25, e na quinta-feira, 26, diversas oficinas, palestras, aulas show, sorteios de cupons para descontos em cursos, feira de exposição de empresas parceiras, teste vocacional, mesa redonda com empresários e banco de oportunidades para os visitantes em um evento gratuito no Pátio Brasil.

Tudo faz parte da quarta edição do projeto educacional Prêmio Excelência Senac-DF, competição que tem como objetivo identificar o melhor desempenho dos alunos dos cursos de Cozinha, Cabeleireiro, Costureiro, Técnico em Enfermagem, Técnico em Design de Interiores e Técnico em Nutrição. As competições são provas que exigem dos alunos habilidades técnicas e conhecimento sobre o mercado de trabalho.

O evento começa 8h30 e vai até 21h30, na área externa do Pátio Brasil, aberto ao público e com todas as atividades gratuitas. É a primeira vez que o Prêmio Excelência é realizado fora das unidades do Senac.

Durante os dois dias de evento, o público poderá ver os alunos executando as provas em arenas que simulam ambientes reais de trabalho. A exemplo das edições anteriores, o Prêmio Excelência contará com a apresentação do Projeto Integrador e terá, pela primeira vez, a participação da Faculdade de Tecnologia Senac-DF. O objetivo é integrar os alunos de todos os cursos, em cada uma das oito unidades da instituição, com iniciativas de inovação e excelência da educação profissional.

“Teremos a participação especial da Faculdade de Tecnologia Senac-DF também na criação de um APP de avaliação para o Prêmio Excelência, permitindo que toda as avaliações sejam digitais, feita com a utilização de tablets, eliminando a necessidade da utilização de papel e tornando a contabilização dos pontos mais rápida e segura”, Rodrigo Coura, responsável pela coordenação do Prêmio Excelência Senac DF 2017.

PROGRAMAÇÃO:

Dia 25/10 – quarta-feira

OFICINAS

Técnico em Enfermagem
Primeiros Socorros: como proceder em situação de emergência – 18h30 às 19h30
Técnicas de massagem e alongamento: bem estar do corpo e da mente – 20h às 21h

Técnico em Nutrição
Como elaborar sucos detox, antioxidante e energéticos – 18h30 às 19h30
·Como elaborar e montar salada no pote – 20h às 21h

Técnico em Design de Interiores
Decoração de ambientes: utilizando a cores corretas – 18h30 às 19h30
A Sustentabilidade no Design de Interiores – 20h às 21h

Cabeleireiro
Técnicas de Design avançado de sobrancelhas – 18h30 às 19h30
Maquiagem Social: aprenda truques e segredos da maquiagem – 20h às 21h

Cozinheiro
Aprenda a fazer doces típicos do Natal – 18h30 às 19h30
Bolinho Gourmert de feijoada com geleia de pimenta – 20h às 21h

Costureiro
Componha seu vestuário produzindo seus próprios acessórios dentro da costura – 18h30 às 19h30
Formas práticas de produzir sua própria necessaire – 20h às 21h

AULAS SHOW e PALESTRAS

Sala Multifuncional

Palestra – Encontre a sua área na Gestão Hospitalar: faturamento, recepção, serviços e administração (8h50 às 9h40);

Palestra – Departamento pessoal: uma abordagem simplificada (10h às 10h50);
Aula show – Doce emagrecedor: aprenda a produzir alguns doces que ajudam no emagrecimento (11h10 às 12h);
Palestra – Planejamento de carreira: qual curso escolher (14h às 14h50);
Aula show – Auriculoterapia: aprenda as técnicas terapêuticas preventivas (15h10 às 16h);
Palestra – Sistemas de Segurança Eletrônica (CFTV) para segurança Pública (16h20 às 17h10)
Palestra – Aprenda a estudar entendendo como o seu cérebro funciona (18h50 às 19h50);
Palestra – Empreendedorismo Sustentável, uma nova tendência (20h10 às 21h10)

Sala Gastronomia – Aulas Show

Aprenda a fazer rosquinhas caseiras (8h50 às 9h40)
Alimentação saudável: aprenda a fazer pratos saudáveis (10h às 10h50)
Técnicas de cortes de carne: classificações e característica (11h10 às 12h)
Quiches: aprenda receitas práticas e saudáveis (14h às 14h50)
Aprenda formas práticas de elaborar Mini pizzas (15h10 às 16h)
Petisco de boteco: criatividade e bom gosto na cozinha para apreciar uma boa bebida (16h20 às 17h10)
Drinques especiais: truques que irão favorecer o paladar (8h50 às 19h50)
A arte da culinária Japonesa: técnicas e cortes (20h10 – 21h10)

Sala Vitrinismo – Aulas Show

A vitrine e suas estratégias de venda – 8h50 às 9h40
A cor na composição da vitrine e a harmonia dos elementos – 10h às 10h50
Técnicas de exposição: durabilidade de uma vitrine – 11h10 às 12h
Composição da vitrine, equilíbrio visual e material decorativo – 14hàs 14h50
A vitrine e suas estratégias de venda – 15h10 às 16h
A cor na composição da vitrine e a harmonia dos elementos – 16h20 às 17h10
Técnicas de exposição: durabilidade de uma vitrine – 18h50 às 19h50
Composição da vitrine, equilíbrio visual e material decorativo – 20h10 às 21h10

Dia 26/10 (quinta-feira)

OFICINAS

Técnico em Enfermagem
Ginástica facial: rejuvenesça fazendo caretas – 18h30 às 19h30
Personalize seu próprio cosmético – 20h às 21h

Técnico em Nutrição
Como elaborar sucos detox, antioxidante e energéticos – 18h30 às 19h30
Como elaborar e montar salada no pote – 20h às 21h

Técnico em Design de Interiores
Iluminação de espaços: quantidades e locais corretos – 18h30 às 19h30
Paisagismo: intervenção verde no Design de Interiores – 20h às 21h

Cabeleireiro
Encontro dos barbeiros: aberto à participação do público – 18h30 às 19h30
Encontro dos barbeiros: aberto à participação do público – 20h às 21h

Cozinheiro
Carne de sol: Processo de Salga e Brandade Sertaneja – 18h30 às 19h30
Aprenda a fazer e decorar doces natalinos – 20h às 21h

Costureiro
Formas práticas de produzir nécessaire para o seu uso ou para vender – 18h30 às 19h30
Componha seu vestuário produzindo seus próprios acessórios dentro da costura – 20h às 21h

AULAS SHOW e PALESTRAS

Sala Multifuncional

Palestra Empregabilidade: dicas de como entrar no mercado de trabalho – 8h50 às 9h40
Palestra Recursos Humanos: simplificando o processo seletivo e criando diferenciais competitivos – 10h às 10h50
Aula show – Tratamentos para eliminar a gordura localizada – 11h10 às 12h
Palestra – Sintonia com o mercado de trabalho: estratégias para recolocação no mercado – 14h às 14h50
Palestra – Sistemas de Segurança Eletrônica (CFTV) para segurança Pública – 15h10 às 16h
Aula show – Técnicas de como falar em público sem grandes dificuldades – 16h20 às 17h10
Palestra – Fábrica de Software: aprenda como são elaborados – 18h50 às 19h50
Palestra – Gestão de Projetos com Canvas- 20h10 às 21h10

Sala Gastronomia – Aulas Show

Técnicas de cortes de carne: classificações e características – 8h50 às 9h40
Aprenda a fazer rosquinhas caseiras – 10h às 10h50
Alimentação saudável: aprenda a fazer pratos saudáveis – 11h10 às 12h
Petisco de boteco: criatividade e bom gosto na cozinha para apreciar uma boa bebida – 14h às 14h50
Quiches: aprenda receitas práticas e saudáveis – 15h10 às 16h
Aprenda formas práticas de elaborar Mini pizzas – 16h20 às 17h10
A arte da culinária Japonesa: técnicas e cortes – 18h50 às 19h50
Drinques especiais: truques que irão favorecer o paladar – 20h10 às 21h10

Vitrinismo

A vitrine e suas estratégias de venda – 8h50 às 9h40
A cor na composição da vitrine e a harmonia dos elementos – 10h às 10h50
Técnicas de exposição: durabilidade de uma vitrine – 11h10 às 12h
Composição da vitrine, equilíbrio visual e material decorativo – 14h às 14h50
A vitrine e suas estratégias de venda – 15h10 às 16h
A cor na composição da vitrine e a harmonia dos elementos – 16h20 às 17h10
Técnicas de exposição: durabilidade de uma vitrine – 18h50 às 19h50
Composição da vitrine, equilíbrio visual e material decorativo – 20h10 às 21h

Serviço:
Prêmio Excelência SENAC DF
Dias 25 e 26/10 (quarta e quinta-feira), das 8h30 às 21h30,
Local: Pátio Brasil-W3 Sul
Entrada franca.

1º FESTIVAL MESTRES DO CIRCO

O 1º Festival Mestres de Circo desponta no Distrito Federal como uma celebração ao circo, com música, malabarismo, acrobacia, poesia e muito humor. A programação montada ao respeitável público da Capital e do Entorno, reverencia a arte circense e rende tributo a mestres e mestras da história do circo brasileiro.

Nesta primeira edição, o grande homenageado é Ary Pára-Raios, criador e diretor da trupe de palhaços poetas e acrobáticos Esquadrão da Vida, criado em 1979.

O artista e o grupo são parte do legado cultural e histórico do circo-teatro da cidade, onde ficaram conhecidos por seus números de conteúdos profundos cujo os temas perpassam pelo amor, a exclusão cultural com a ocupação bem humorada dos espaços públicos.

Na extensa programação dedicada ao público infantil e às famílias, mais de 15 espetáculos resgatam a essência da arte circense tradicional e moderna. A mostra contempla ainda roda de conversa e vivências para aproximar ainda mais as crianças da arte do circo cujo ainda arrebata multidões, mesmo nos tempos dos smartphones e vídeo games.

“Celebrar a resistência é um conceito definidor da nossa programação. Buscamos privilegiar, como sempre em nossa história, a cena circense do DF e aqueles que permanecem realizando, se reinventando, perseverando em seus caminhos nas artes circenses”, disse Ankomárcio Saúde, um dos idealizadores do Festival.

Ao todo 16 grupos se revezam em diversos espetáculos, com atrações nacionais e internacionais. A riqueza da produção circense da Capital Federal será representada pelo talento do Esquadrão da Vida, As Desempregadas, Cia Nós no Bambu, Circo Artetude, Pé de Cerrado, Circo Rebote, Mestre Mandioca Frita, Mamulengo Presepada, Circênicos, Beatrice Martins, José Regino e tantos outros. Representando São Paulo, os grupos Los Circolos e Las Martas, que trazem as atrações internacionais da Argentina e do Chile.

PROGRAMAÇÃO 1º FESTIVAL MESTRES DE CIRCO

Dia 26/10 (quinta-feira)

Área externa DO CONIC
18h30 – Roda de Conversa: Circo e resistência
21:30h – Cortejo de anunciação do Festival com o grupo Grito de Liberdade – DF

Teatro Dulcina – Sala Conchita
20h – Espetáculo convidado: Quando o Coração Transborda com o grupo Esquadrão da Vida – DF
Sala Dulcina
22h – Espetáculo de Gala com números da cena circense de Brasília
Direção: Ana Flavia Garcia

Dia 27/10 (sexta-feira)

Área externa da Feira da Torre TV
19h30 – Batucada com as Filhas de Oyá e Mestra Martinha do Côco
21h30 – Capoesia – Cia Nós no Bambu – DF
20h30 – As Desempregadas – Cia. As Desempregadas – DF

Lona
22h – Las Martas – Cabaré das Martas – ARG/CHI/BRA
23h – Clownbaré – Irmãos Saúde e Pé de Cerrado

Dia 28/10 (sábado)

Áera externa da Feira da Torre de TV
16h – Vivências de circo para crianças – Mestre Mandioca Frita
17h – Tome sua poltrona – Circo Rebote – DF
19h – Versão Brasileira – Los Circolos – SP

Lona
18h – Brincadeiras de Circo – Circo Artetude – DF

Dia 29/10 (domingo)

Parque Ana Lídia – Arena Mandioca Frita – Parque da Cidade
11h30 – Palhaçada de Raiz – Trupe raiz do Circo – DF
12h30 – Circênicos Varietê – Circênicos – DF

FEIRA DA TORRE DE TV
Área Externa
16h – Vivências de circo para crianças – Mestre Mandioca Frita
18h – Mateus Caramelada da Lelé Bicuda – Mamulengo Presepada- DF

Lona
17h – Festança de Palhaços – Direção José Regino – DF
19h – Os Brincantes – Pé de Cerrado – DF

Oficina Gratuita
Sábado e Domingo, 28 e 29/10, às 16h
Loca: Feira da Torre de TV
VIVÊNCIAS DE INICIAÇÃO PARA CRIANÇAS DE QUALQUER IDADE: CONFECÇÃO DE BRINQUEDOS POPULARES e PERNA DE PAU

Serviço:
Festival Mestres de Circo
De 26 a 29/10 (quinta a domingo)
Local: CONIC, Feira da Torre de Tv e Parque da Cidade
Entrada Franca
Classificação livre.

#ATITUDE50 –TALK SHOW COM A ESCRITORA MARTHA MEDEIROS

Para falar sobre o empoderamento feminino no mês em que os olhos estão voltados à saúde da mulher, o Conjunto Nacional apresenta o talk-show #ATITUDE50, realizado pela escritora Martha Medeiros e conduzido pela jornalista Kika Gama Lobo.

O evento é limitado a 150 pessoas e as inscrições são gratuitas e podem ser feitas pelo e-mail marketing@conjuntonacional.com.br, colocando nome completo e telefone, de 17 a 23 de outubro.

Martha Medeiros é escritora e colunista do jornal O Globo e possui 25 livros em sua trajetória, alguns adaptados para o cinema e teatro.

O encontro é voltado à mulheres com idade a partir dos 40 anos. Ela vai abordar o estilo de vida das mulheres maduras, defendendo que não há limite de idade para decisões e novas escolhas de vida.

Entre os temas do bate-papo estão as ferramentas que uma mulher madura pode usar, a partir de tudo o que já viveu e experimentou, para ter foco na vida e alto-astral, como astrologia, meditação, florais, terapia psicanalítica, ginástica do riso, mindcontrol, presentismo e até mesmo dar início à listinha de resoluções para o ano novo, que já se aproxima.

O público terá a oportunidade de compartilhar experiências e tirar dúvidas sobre esta fase da vida. Tudo isso conduzido pelo bom humor da RP Kika Gama Lobo, com suas perguntas ácidas e divertidas.

SOBRE MARTHA MEDEIROS
Jornalista e publicitária, Martha tem 56, mora em Porto Alegre e é mãe de duas filhas. A conhecida escritora sulista tem mais de 25 livros publicados que viraram filme (Divã) e peças de teatro (Doidas e Santas e Fora de Mim). Colunista semanal de O Globo e Zero Hora.

SOBRE KIKA GAMA LOBO
Jornalista e empresária, Kika atua há mais de 25 anos em assessoria de imprensa com foco em luxo e lifestyle. Atualmente é consultora de comunicação, ativa nas redes sociais e também criadora, apresentadora e curadora do programa #atitude50

Serviço:
#ATITUDE50 – Talk show com a escritora Martha Medeiros
Dia 26/10 (quinta-feira), às 19h
Local: Centro Cultural do Conjunto Nacional (3º Piso)
Entrada Franca.
Classificação livre.