Categoria: AGENDA

Jump Arena invade o Taguatinga Shopping

O super trampolim ocupa a Praça Central e possibilita a prática de esportes radicais como Le Parkour. Para animar ainda mais as férias da criançada e dos adolescentes, o Taguatinga Shopping recebe até 31 de julho a Jump Arena. Um divertido equipamento para quem gosta de dar saltos emocionantes. A arena, estilo jumper trampolim, possui piso e paredes laterais com molas tensionadas, como uma cama elástica. É a primeira no Brasil com um equipamento que possibilita a prática de esportes radicais, como: Le Parkour, a arte de saltar obstáculos rapidamente, utilizando diversas técnicas como saltos, rolamentos e escaladas. Crianças a partir de dois anos e adolescentes com até 60 kg poderão gastar suas energias pulando de um lado para o outro na arena. Quem estiver de fora poderá acompanhar cada salto por meio de um monitor instalado na entrada do espaço. Com capacidade para 30 participantes, os atletinhas são orientados por instrutores para melhor aproveitamento do brinquedo. A atração permanece na Praça Central (1º piso) até 31 de julho, de segunda a sábado, das 10h às 22h; e aos domingos, das 12h às 20h. Super estrutura O equipamento tem 9m x 9m como medidas externas e mede 2,5 m de altura, com 70% de transparência de um extremo ao outro, produzido com uma estrutura de aço carbono. Também possui 25 telas de salto manufaturadas em mantas esborrachadas de 2,5...

Read More

Oswaldo Amorim e Jam recebem Indiana Nomma nesta quinta-feira (3)

Projeto Oswaldo Amorim e Jam mistura a energia do funk e a sofisticação do jazz, com programação reservada para a participação de músicos da plateia. O grupo é composto por: Oswaldo Amorim no vocal, baixo e direção musical, Renato Glória na bateria, Marcos Vasconcellos na guitarra, Marcos Santos no trompete, Daniel Baker no teclado e Carlos Cardenas no saxofone. Nesta edição, haverá a participação especial da cantora Indiana...

Read More

Muita música no Daorla Showbar e Restaurante

O Daorla Showbar e Restaurante conta com animada programação cultural para o início de julho. Nesta quinta (3 de julho), a partir das 20h, o músico Victor Soares comanda a noite com muito carisma e talento. No repertório, releituras de sons clássicos e contemporâneos da música brasileira como Chico Buarque, Luiz Melodia, Lenine, Tim Maia, Jorge Mautner, Nação Zumbi, Jorge Bem e outros. Couvert artístico: R$ 5,00. Na sexta (4 de julho), dia de jogo do Brasil pela Copa do Mundo, tem o Aquecimento no DaOrla Show Bar, a partir das 12h, com dose dupla de Budweiser durante todo o horário de funcionamento da casa, exibição da partida às 17h, e, na sequência, show da Banda Salve Jorge, às 19h. Couvert artístico: R$ 7,00. Criada em 2005, a banda Salve Jorge faz grande sucesso na noite brasiliense. O grupo apresenta um repertório alegre e dançante, um verdadeiro baile de samba rock, passando por uma variedade de músicas brasileiras como Mas que nada, Chove chuva, Menina mulher da pele preta, País Tropical, entre tantas outras. A banda já dividiu o palco com grandes atrações nacionais e internacionais como Monobloco, Groundation, Afrikka Bambaataa, Plebe Rude, Magary Lord e Mundo Livre S/A. Já no sábado (5 de julho), a partir das 12h, a casa é embalada pelo projeto Batuque a Cozinha, uma combinação perfeita da tradicional feijoada (a R$ 29,90 por pessoa)...

Read More

O cantor Pedro Miranda se apresenta pelo projeto Samba de Bamba na Caixa Cultural Brasília

A CAIXA Cultural Brasília apresenta, no dia 15 de julho, o cantor e compositor Pedro Miranda, quinto convidado do projeto Samba de Bamba. O músico traz à cidade um repertório de sambas de sua memória afetiva e canções gravadas em seus dois primeiros álbuns solos: “Coisa com coisa” (2006) e “Pimenteira” (2009), este considerado “uma coleção de obras-primas” nas palavras de Caetano Veloso. Ao seu lado tocam alguns dos mais tarimbados músicos do samba carioca: Luís Filipe de Lima (violão de sete cordas e direção musical), Eduardo Neves (sopros), Luís Barcellos (cavaquinho e bandolim) e os percussionistas Beto Cazes e Paulino Dias. Pedro Miranda explica que vai mostrar ao público de Brasília algumas músicas de seu próximo CD, “Samba Original”, em fase de produção. Na seleção de compositores, o sambista carioca escala um time de craques para interpretar. Estão lá Wilson das Neves e Paulo Cesar Pinheiro (“O samba é meu dom”), Elton Medeiros e Zé Keti (“Samba Original”), Ataulfo Alves e Assis Valente (“Batuca no chão”), além de Sílvio da Silva (“Hello, my girl”), Paulinho da Viola (“Quando bate uma saudade”), entre outros sambistas que ficaram marcados na voz do cantor nos shows e CDs de Teresa Cristina e Grupo Semente, e do Cordão do Boitatá, grupos dos quais Pedro foi fundador e fez parte por mais de dez anos. Samba de Bamba O coordenador e curador do...

Read More

Mostra Neville D’Almeida no CCBB Brasília

De 2 a 20 de julho a filmografia de um dos grandes cineastas brasileiros estará a disposição do público. Ator, roteirista, produtor, escritor, fotógrafo, artista plástico, ativista e um dos mais importantes cineastas da história do cinema brasileiro. O mineiro Neville D’Almeida tem espalhado sua criatividade pelas diversas linguagens artísticas. Polêmico, controverso, o diretor de A dama do lotação, até hoje a terceira maior bilheteria do cinema nacional em todos os tempos, é tema de uma grande retrospectiva que o Centro Cultural Banco do Brasil Brasília realiza de 2 a 20 de julho de 2014, sob a curadoria de Mario Abbade, jornalista, publicitário e presidente da Associação de Críticos de Cinema do Rio de Janeiro. Ingressos a R$ 4,00 e R$ 2,00. A mostra NEVILLE D’ALMEIDA – CRONISTA DA BELEZA E DO CAOS vai proporcionar ao público acesso aos filmes do autor de longas nacionais emblemáticos, cuja carreira abrange desde títulos experimentais, como Jardim de Guerra, realizado em 1970, até clássicos da cinematografia nacional, como Os sete gatinhos (1980). E irá promover o contato com filmes raríssimos, como Mangue-Bangue, de 1971, apontado pelo artista plástico Hélio Oiticica como uma “experiência limite”. Este clássico da contracultura ficou anos perdido nos arquivos do MoMA, em Nova York e seus rolos só foram recuperados em 2010. Serão 33 sessões que promovem um passeio pela obra deste criador inquieto, que tem cerca de...

Read More